Qual é a quantidade mínima a encomendar?

Não existe nenhum limite mínimo. O cliente pode simplesmente optar por comprar 1 peça.

É possível anular uma encomenda?

É possível, no entanto o pagamento efetuado não é devolvido ficando em crédito na conta do cliente para encomendas futuras. No caso de o produto ser personalizado e este já se encontrar em produção, já não será possível anular a respetiva encomenda.

É possível a personalização dos produtos?

Sim, é possível. No entanto, alguns produtos possuem um espaço limitado para o efeito. Em caso de dúvida pode contactar-nos através de e-mail ou nº de telefone, relativamente à gravação que pretende sobre determinados produtos. Para criar um efeito visual de como irá ficar o produto final será elaborado uma maquete.

Qual é o prazo de entrega dos produtos?

Por norma, no continente é de 3 a 8 dias uteis, nas ilhas, é de 8 a 12 dias uteis. O transporte é realizado por uma empresa intermediária – Chronopost, parceiro estratégico da Fardas & Companhia, que fará a entrega em mãos à morada indicada pelo cliente.

De que forma é efetuado o pagamento?

Os pagamentos são efetuados através de Paypal,referências multibanco e transferência bancária.

Os produtos são cobertos por uma garantia?

Sim, todos os nossos produtos têm uma garantia de 2 anos. No entanto, se o produto for personalizado a garantia será anulada. A Fardas & Companhia também não será responsável por eventuais danos resultantes da má utilização dos produtos, ou para fins aos quais não se encontravam destinados.

Como é que posso efetuar uma reclamação?

As reclamações só serão objeto de analise quando apresentadas por escrito para o e-mail info@fardas-companhia.pt no prazo de 7 dias. Os produtos enviados por transportadora devem ser inspecionados no momento da entrega. Todas as anomalias ocasionadas pelo transporte devem ser escritas na guia do transportador, caso contrário, a Fardas & Companhia não poderá aceitar reclamações.

Legislação aplicável e foro

As presentes condições são reguladas pela Lei Portuguesa e para todas as questões emergentes da interpretação determinam como foro competente o Tribunal da Comarca de Santo Tirso, com expressa renúncia a qualquer outro.

A nossa Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades e promoções no seu email